Área do cliente

Pesquisa de Satisfação FISCONNECT

Perfil comportamental

Departamento Pessoal

Esqueceu sua senha? Clique aqui!

UNIDADE PRAÇA DA ÁRVORE
Rua Caramuru, 417 – cjs 57 e 58
Metrô Santa Cruz | São Paulo/SP
(11) 2597-1404

UNIDADE VILA OLÍMPIA
Rua Gomes de Carvalho, 1356, 2º andar
Vila Olímpia | São Paulo/SP
(11) 2597-7527

Clientes
 

A contratação do primeiro funcionário

A contratação do primeiro funcionário

A contratação do primeiro funcionário

Toda nova micro e pequena empresa que depende de mão de obra para sua operação chegará ao momento de buscar seu primeiro funcionário. Quem contratar, quando contratar e onde encontrar bons candidatos são, normalmente, as principais dúvidas de quem fará a contratação do primeiro funcionário. Para auxiliá-lo nos primeiros passos, separamos alguns conceitos básicos: 

O Perfil

Uma pequena empresa normalmente obtém mais sucesso na contratação de pessoas cujo currículo demonstre experiência em pequenas empresas. Por mais sedutor que possa parecer um currículo de alguém com experiência em grandes empresas, avalie que, em grandes corporações, um considerável número de processos, regras e políticas norteiam a atuação do funcionário, ao passo que, em uma empresa iniciante, na grande maioria das vezes não existe ainda um conjunto de processos maturado. Além disso, o dia a dia operacional exige flexibilidade do funcionário com as tarefas, certa autonomia e baixo gerenciamento de suas atividades, o que, via de regra, não reflete o perfil de pessoas acostumadas a processos intrincados de grandes empresas.

Qual a primeira posição que devo preencher em minha nova empresa?

A resposta deve considerar alguns fatores, como o a atividade da empresa e as habilidades de seu (s) fundador (es). Uma boa forma de entender isso é planejar um quadro de pessoas que permita que seus produtos e serviços cheguem ao mercado consumidor. Considere que, do quadro planejado, cabe uma avaliação que defina quais posições, de fato, necessitam de contratação e quais podem ser terceirizadas. Muitos serviços, como contabilidade, financeiro, web design, marketing e até de logística podem ser executados por terceiros que normalmente têm mais conhecimentos e experiência na área de atuação do que alguém que você possa se dar ao luxo de contratar em um primeiro momento. O que sobra desse exercício serão as funções-chave para o desenvolvimento de sua atividade principal, que permitam que seu produto ou serviço cheguem ao mercado consumidor.

 Caminhos para a contratação

Sua rede de relacionamentos é o ponto de partida na fase inicial de sua empresa. Amigos, colegas do setor, empregados já contratados e conselheiros, como o seu contador e o seu advogado, devem ser mobilizados para que façam indicações de profissionais. Sempre que você receber uma indicação você economizará o tempo e dinheiro que investiria para a conseguir por outras formas. Considere que, quando um novo empregado começa, você aumenta automaticamente o seu relacionamento profissional. Quanto maior a rede, maiores as chances de indicação. Outro ponto a refletir é que a indicação oriunda de um funcionário geralmente resulta em uma contratação bem-sucedida pelo seguinte fator: o funcionário tende a fornecer uma visão mais realista da empresa.

Porém, não importa o quão bem relacionado você seja, seus contatos chegarão à exaustão. Neste momento, vale a pena lançar mão de sites de nicho, a exemplo do Jurídico Vagas para advogados e profissionais da área jurídica, o CV engenharia para engenheiros, o ProfCerto para professores de idiomas,  ou o Carreira Fashion para profissionais do setor de moda. Sites de nicho, porém, podem reduzir a procura por um bom candidato de seu mercado.  Grandes empresas de empregos online, por outro lado, embora possam oferecer a vantagem de colocar um sem número de candidatos em sua porta, muitas vezes exigirão recursos e tempo para lidar com longos processos seletivos, o que sua empresa possivelmente não terá. Agencias de empregos e head hunters também podem te ajudar a contratar, mediante honorários, desde os cargos mais baixos aos de nível executivo. Eles são particularmente eficazes para a contratação de executivos de alto nível.

 

Inscreva-se em nossa newsletter e fique sempre atualizado com conteúdo do mundo empresarial.

 

Desejamos sucesso em sua próxima contratação!

call-to-action-10-erros

Outros artigos que selecionamos para você:

Rogério Pereira da Silva
Rogério Pereira da Silva

Rogério Pereira da Silva é advogado, contabilista e palestrante, fundador e diretor da FISCONNECT - Assessoria Contábil, escritório de contabilidade que assessora micro e pequenas empresas no estado de São Paulo, pós-graduado em Direito Tributário pela PUC/SP, especialista em Direito Processual Tributário pelo CEU e com MBA em Contabilidade Empresarial pela PUC/SP.

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.