Área do Cliente

11 2597-1404

contato@fisconnect.com.br

11 97173-1404

WhatsApp

Contato

Clientes
 

Contabilidade na escola

Assessoria Contábil
contabilidade na escola

A educação é uma das formas mais consistentes de socialização e de criação da cultura de um povo. Envolvendo os processos de ensinar e de aprender, a educação é um fenômeno presente em todas as sociedades e que responde pela transformação e pela perpetuidade de suas culturas, por meio da passagem, de geração para geração, dos traços culturais que marcam os hábitos e comportamentos aceitos para o convívio nessas sociedades. Assim, a contabilidade na escola é importante para auxiliar aqueles que querem abrir ou já têm uma instituição de ensino.

Não é novidade que no Brasil a educação ainda tenha um espaço enorme para avanços. De fato, segundo o Censo Demográfico IBGE 2010 (IBGE;2015)[1], do total de 190 milhões de pessoas, alarmantes 112 milhões de pessoas não frequentam mais escolas, dois quais quase 65 milhões possuem idade inferior a 40 anos. Pior: 18 milhões nunca frequentaram escolas:

contabilidade na escola

Quadro 1 – Censo Demográfico 2010: educação e deslocamento. 1

Mas não é apenas em função da baixa quantidade de estudantes que a educação no Brasil chama negativamente nossa atenção. Sua qualidade também é um fator que merece olhar aguçado. Tudo começa com a desvalorização de professores, que na maior parte das vezes trabalham em condições precárias de infraestrutura e de segurança. Os programas de reciclagem são mínimos e a baixa remuneração é um fator que concorre para a difícil manutenção de bons profissionais de ensino em seus postos. Com isso concorda o relatório Ensinar e Aprender da UNESCO (2014; p.4)[2]:

Quando o salário dos professores é pior do que o de outros profissionais de áreas compatíveis, é menos provável que os melhores alunos se tornem professores, e é mais provável que os professores percam a motivação ou deixem a profissão. Na América Latina, em geral, os professores recebem um valor maior do que o limiar da pobreza, mas a comparação de seus salários não é favorável aos de outras profissões que exijam o mesmo nível de qualificação. Em 2007, profissionais e técnicos com características similares ganhavam 43% a mais do que professores pré-primários e primários no Brasil, e 50% mais, no Peru.

Por esse e por outros motivos, como o social, o político, a falta de infraestrutura, o baixo investimento, dentre outros, a qualidade do ensino no Brasil ainda não é uma realidade a ser festejada. O analfabetismo funcional, por exemplo, é um dos fenômenos oriundos de nossas deficiências de ensino, como descreve recente artigo do portal de notícias da revista Época (2015)[3]:

Mais de 65% dos alunos brasileiros no 5º ano da escola pública não sabem reconhecer um quadrado, um triângulo ou um círculo. Cerca de 60% não conseguem localizar informações explícitas numa história de conto de fadas ou em reportagens. Entre os maiores, no 9º ano, cerca de 90% não aprenderam a converter uma medida dada em metros para centímetros, e 88% não conseguem apontar a ideia principal de uma crônica ou de um poema. Essas são algumas das habilidades mínimas esperadas nessas etapas da escola, que nossos estudantes não exibem. É o que mostram os resultados da última Prova Brasil, divulgados pelo governo federal no final de novembro. (…) Os resultados revelam, no entanto, algo ainda mais perigoso que o baixo desempenho: a desigualdade. Enquanto em alguns Estados do Sul, como São Paulo e Santa Catarina, metade dos alunos tem aprendizado adequado em português, Estados como Alagoas e Maranhão não chegam a ter 20%.

Nesse contexto, cumpre à iniciativa privada um relevante papel: o de suprir toda a carência de qualidade de nossa educação. É com muita satisfação que vemos um crescente número de escolas particulares sendo abertas, mormente no nível infanto-juvenil. Universidades e outros tantos cursos profissionalizantes e de idiomas são abertos quase que diariamente. Contudo, apenas o fato de não pertencer ao poder público não é sinal qualidade. Lamenta-se que muitas notícias apontem que os níveis de qualidade de escolas particulares se equivalham às das públicas, que são muito ruins. De positivo é que os entraves da iniciativa privada são menores e que nesse nicho deve ser atendidas às regras que regem o mercado e a livre concorrência.

Dessas poucas e despretensiosas linhas acima já podemos extrair o quão valiosa é, para nós da FISCONNECT, a atividade educacional no Brasil e, consequentemente, um serviço de qualidade em contabilidade na escola.

Se você quer fazer a diferença e contribuir para o crescimento da qualidade de ensino no Brasil e para isso tem ou vai abrir sua própria instituição de ensino, conte com o nosso escritório FISCONNECT, que presta serviços de contabilidade na escola e está apto a oferecer para entidades de todos os níveis atividades de qualidade nas áreas contábil, fiscal e de folha de pagamento.

Entre em contato e conheça os nossos serviços de contabilidade na escola.

[1] IBGE. Censo Demográfico 2010: educação e deslocamento. Disponível em  <http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/censo2010/educacao_e_deslocamento/default_xls.shtm>. Acesso em 21.11.2015.
[2] UNESCO. Relatório de Monitoramento Global de Educação para Todos. Disponível em <http://unesdoc.unesco.org/images/0022/002256/225654por.pdf>. Acesso em: 21.11.2015.
[3] ÉPOCA. O ensino público no Brasil: ruim, desigual e estagnado. Disponível em  < http://epoca.globo.com/ideias/noticia/2015/01/bo-ensino-publico-no-brasilb-ruim-desigual-e-estagnado.html>. Acesso em 25.11.2015

SEJA NOSSO CLIENTE

Por que contratar a FISCONNECT?

Presença

O tempo todo ao seu lado quando você precisar

Parceria

Olhar atento sobre seu negócio e suas necessidades

Localização

Local de fácil acesso para te receber quando você precisar

Segurança

Apólice de seguro de responsabilidade civil para seu conforto e segurança

Eficácia

Sempre ofereceremos ao menos uma solução para seu problema

Experiência

Mais de 20 anos de atuação das áreas fiscal e tributária.

Atualização

Profissionais treinados e em constante atualização técnica

Tecnologia

Tecnologia de ponta a serviço do seu negócio